PTERÍGIO

 

pterigio-antes-e-depois

Conhecido como “carne crescida”, o pterígio aparece comumente em pessoas que trabalham em locais com muito sol, vento ou poeira. Começa com uma pelezinha em cima da esclera (branco do olho), que vai crescendo em direção à pupila (menina do olho).

Geralmente provoca ardor e queimação, deixando os olhos vermelhos, e piora quando o olho é exposto ao sol, vento, poeira, ar condicionado e produtos químicos (shampoo, maquilagem e cremes). O sintoma pode melhorar com o uso de compressa fria e colírios lubrificantes e anti-inflamatórios.

O pterígio pode crescer depressa, mas o mais comum é crescer lentamente ou estacionar. Se começar a atrapalhar a visão ou incomoda o paciente devido a sua estética e irritação frequente, ele pode ser retirado através de uma cirurgia. Mesmo assim, a doença pode voltar a aparecer se o paciente não tomar certos cuidados, como: utilizar-se de óculos solares apropriados, evitar condições ambientais secas e locais muito empoeirados, aplicar lágrimas artificiais sempre que possível.